Clínica de nutrologia promove assistência multidisciplinar contribuindo na promoção da saúde do paciente e melhorando sua longevidade

A clínica de nutrologia pode ser uma aliada não apenas na conquista de um objetivo específico, como perder peso, como também para promoção da saúde, longevidade e bem-estar.

O nutrólogo é o médico especialista em condições nutroneurometabólicas, que incluem diabetes, hipertensão, osteoporose, anorexia, obesidade e outras.

Apesar de o profissional ser mais buscado para diagnóstico e tratamento dessas patologias, o acompanhamento especializado também é indicado para manutenção da saúde e bem-estar. Entenda mais a seguir!

Como a clínica de nutrologia contribui na longevidade?

Na clínica é feito um acompanhamento da saúde do paciente de uma perspectiva múltipla. A alimentação é o foco do suporte especializado, mas não se restringe a ela.

Monitoramento da saúde

Como o nutrólogo é formado em Medicina ele é apto para solicitar exames de saúde, fazer diagnósticos e prescrever medicações, quando necessário.

Na consulta na clínica de nutrologia são solicitados vários exames que ajudam a conhecer o panorama geral de saúde do paciente, incluindo:

  • hemograma completo;
  • exames de vitaminas;
  • exames hormonais;
  • exames cardíacos, como eletrocardiograma e holter;
  • polissonografia, para avaliar a qualidade do sono;
  • exames de imagem.

A partir desses exames, o nutrólogo consegue ter uma visão mais completa do estado de saúde do paciente e suas necessidades, sejam elas nutricionais, metabólicas ou outras.

Esse monitoramento mais completo faz com que muitos pacientes beneficiem-se da consulta na clínica de nutrologia em vez de um clínico geral.

Acompanhamento nutricional

A alimentação é um pilar na promoção e manutenção da saúde, pois dela depende a ingestão adequada de nutrientes, vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos etc. que vão influenciar todos os processos do corpo.

Outro aspecto importante é que a alimentação é sempre personalizada, uma vez que cada indivíduo vai ter demandas nutricionais específicas de acordo com a constituição física, rotina e se há doenças associadas.

O nutrólogo vai avaliar todas essas características para indicar como seria uma alimentação mais adequada ao paciente, entretanto, o profissional responsável por elaborar um plano alimentar é o nutricionista.

Ainda assim, a revisão das escolhas alimentares com um nutrólogo pode ser suficiente para pacientes que adotem outros cuidados.

Suplementação

A suplementação é uma parte importante do controle e tratamento de doenças nutroneurometabólicas para além da medicação em si.

Apesar da popularização, a suplementação não deve ser banalizada, uma vez que só é indicada após exames específicos que indicam algum déficit nutricional que precisa ser tratado.

O nutrólogo vai avaliar esses aspectos a partir dos sintomas e queixas apresentados pelo paciente e os resultados dos exames para indicar, quando necessária, a suplementação.

Hábitos alimentares

mulher nutricionista em seu trabalho em clínica de nutriçãoUm dos aspectos centrais em um acompanhamento realizado na clínica de nutrologia é a maior aptidão para trabalhar em conjunto com o paciente para revisão dos hábitos alimentares.

Nem sempre a relação com a comida é saudável e adequada. Esses quadros podem levar a condições graves de saúde, como obesidade e anorexia, como também a problemas como indigestão, refluxo e outros.

Alguns exemplos incluem compulsão por comer em horários inadequados, como durante a madrugada, recorrer a dietas restritivas com frequência, comer muitos doces ou sentir-se culpado comendo.

Todos esses sentimentos e hábitos são prejudiciais à saúde e podem desencadear patologias nutricionais ou metabólicas no paciente.

Mesmo pessoas saudáveis podem melhorar seus hábitos alimentares. Algumas recomendações incluem:

  • priorize alimentos naturais e orgânicos sempre que possível;
  • reduza a ingestão de sódio, doces e gorduras;
  • reduza os alimentos ultraprocessados e condimentados na dieta;
  • coma devagar, mastigando bem os alimentos e evitando outras atividades – como assistir TV – durante a refeição;
  • evite jantar muito tarde e próximo do horário de dormir;
  • evite líquidos durante as refeições.

A avaliação do nutrólogo é importante porque mesmo hábitos ditos como benéficos, como fazer pequenas refeições a cada três horas, vai depender diretamente do organismo do paciente, podendo ser indicado para algumas pessoas, mas não para todas.

Prevenção, diagnóstico e tratamento de patologias

Além das questões citadas anteriormente, a clínica de nutrologia também será importante no acompanhamento multidisciplinar da saúde do paciente, contribuindo na prevenção, diagnóstico e tratamento de patologias.

A atuação do nutrólogo pode ser particularmente necessária no caso de pacientes com doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, alergias alimentares, como doença celíaca, colesterol alto e outras.

Pacientes com diagnóstico de doenças autoimunes, como lúpus, tireoidite de Hashimoto, endometriose, artrite reumatoide, doença de Crohn, esclerose múltipla e outras também se beneficiam desse tipo de assistência.

A alimentação é um pilar da saúde, de forma que as escolhas alimentares, apesar de não tratarem as patologias, podem contribuir diretamente no controle e regressão de algumas condições.

Tanto o que se come quanto a forma que se come entram no foco do nutrólogo visando aumento do bem-estar e saúde do paciente, de forma que a clínica de nutrologia contribui também na longevidade de pacientes. 

Quer saber mais? Agende sua consulta agora mesmo!

Deixe uma Resposta