Especialidade

Nutrição

Já não é novidade que os alimentos exercem papel fundamental na saúde e no bem estar. Alguns nutrientes presentes na alimentação estimulam a produção de neurotransmissores. Os neurotransmissores são espécies de “mensageiros” que transportam e estimulam os impulsos nervosos  entre neurônios e células do nosso corpo. Sendo assim, alguns alimentos podem ajudar na liberação de serotonina, dopamina e noradrenalina. São eles os responsáveis pelas sensações de bem estar, prazer e bom humor.

Diante da explicação, é natural querer todas essas propriedades positivas oferecidas pelos nutrientes. O problema é que grande parte das pessoas possui uma dieta desregulada, desequilibrada e não adaptada ao próprio organismo. E aí entra o nutricionista para ajudar na elaboração de um plano alimentar personalizado.

Uma alimentação correta leva o indivíduo às sensações de vigor, disposição e o melhor: a fazer as pazes com a balança e com o espelho. A regulação do peso é apenas um dos benefícios de se fazer um acompanhamento com um nutricionista.

O ideal é que o paciente passe por uma consulta prévia com um nutrólogo; faça os exames solicitados e, com as orientações do médico em mãos, recorra a um nutricionista para a criação da dieta. É bom lembrar que para se fazer uma reeducação alimentar, não é necessário sentir fome e se privar das delícias gastronômicas. O equilíbrio na alimentação é a peça chave do sucesso.

Acompanhamento periódico, dietas personalizadas de acordo com limitações de cada paciente.
Estrutura completa, com laboratórios e equipe multidisciplinar.
Acompanhamento integrado com um médico nutrólogo.