fbpx

Saiba o que ponderar na escolha entre nutrólogo ou nutricionista para emagrecer e qual a função de cada profissional no seu tratamento

Escolher entre o nutrólogo ou nutricionista para emagrecer é uma dúvida comum entre as pessoas que almejam esse objetivo, mas não tem certeza sobre o melhor ponto de partida.

De fato, ambos os profissionais podem desempenhar um papel importante na estratégia de emagrecimento, mas é fundamental que o paciente consiga distinguir qual a função de cada um deles. Saiba mais a seguir.

Como escolher entre o nutrólogo ou nutricionista para emagrecer?

O primeiro passo é compreender quais são as diferenças na atuação do nutrólogo ou nutricionista para emagrecer, entender como cada profissional pode agregar no tratamento para que o paciente alcance seus objetivos.

Quais os cuidados do nutrólogo?

O nutrólogo é um profissional formado em Medicina com especialização em nutrição sendo qualificado para orientar quanto à prevenção, diagnóstico e tratamento de condições nutroneurometabólicas.

Na consulta, o especialista vai solicitar uma avaliação clínico-metabólica, viabilizando compreender quais os motivos que levam ao ganho de peso.

A avaliação consiste no levantamento do histórico do paciente, como quadros de obesidade na família ou durante a infância e adolescência, doenças pré-existentes e possíveis sintomas associados.

Além disso, os hábitos também são considerados, especialmente o comportamento em relação à comida, como quadros de compulsão e distúrbios alimentares, bem como a qualidade nutricional das refeições.

Outros aspectos do estilo de vida do paciente também são importantes, incluindo a prática regular de exercícios físicos, ingestão de água, tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas, qualidade do sono e se tem uma rotina estressante, por exemplo.

Após todo esse levantamento, o nutrólogo solicita exames específicos para entender se alterações metabólicas podem ser a causa do ganho de peso. Os exames ajudam a conhecer informações como:

  • níveis hormonais dentro dos padrões;
  • se há disfunção da tireoide, como o hipotireoidismo, que influencia diretamente o ganho de peso;
  • alterações metabólicas;
  • níveis de vitaminas e minerais;
  • se há resistência à insulina;
  • níveis de colesterol e triglicerídeos.

Essa avaliação permite identificar as causas do ganho de peso e definir uma estratégia de emagrecimento mais acertada, considerando as particularidades do quadro.

O nutrólogo, diferentemente do nutricionista, está apto à prescrição de medicamentos, o que pode ser importante para controlar e tratar condições adjacentes que influenciam no peso.

Esse é o caso, por exemplo, das disfunções da tireoide, que demanda regular os níveis hormonais como parte do tratamento para emagrecer.

Sem a compreensão das causas metabólicas do ganho de peso, mesmo uma boa estratégia de emagrecimento que seja baseada na alimentação e exercícios físicos não entregará os resultados almejados.

Entre os sintomas do hipotireoidismo, por exemplo, estão a fadiga e letargia, que dificultam a prática de atividades físicas. 

Nesse contexto, o paciente que não sabe da sua condição clínica pode culpar-se pela falta de disposição para os exercícios, levando a sentimentos de frustração que podem, inclusive, comprometer as demais estratégias.

Portanto, a avaliação do nutrólogo para emagrecer permite identificar as causas do problema e definir um plano de ação mais acertado.

Quais os cuidados do nutricionista?

O nutricionista é um profissional formado na graduação de Nutrição. Ele está apto a prescrever suplementos e solicitar alguns exames, mas não pode fazer diagnóstico de doenças ou prescrever medicações.

O nutricionista é mais qualificado para elaboração de um plano alimentar, considerando as necessidades do paciente.

As demandas alimentares, como ingestão de calorias, número de refeições por dia, necessidade de suplementação de proteína etc. vai depender de fatores como: gênero, idade, quantos quilos pretende emagrecer, intensidade da rotina de treinos e, especialmente, se foi diagnosticada alguma condição nutroneurometabólica adjacente.

O nutricionista também é qualificado para fazer a avaliação da composição corporal, identificando porcentagens de massa magra, água e gordura para elaborar um plano alimentar mais personalizado e compatível com os objetivos do paciente.

Quais os benefícios de uma estratégia de emagrecimento integrativa?

paciente em consulta médica tirando dúvidas sobre nutrólogo ou nutricionista para emagrecerO emagrecimento saudável é aquele que engloba a perda de gordura com o ganho de massa magra, o que evita a flacidez no processo e torna o controle de peso mais estável e de longo prazo. 

Além disso, é preciso repensar a relação com a comida e os exercícios no longo prazo, pensando não apenas em uma dieta temporária, mas em uma reeducação alimentar para a vida.

Dessa forma, em vez de escolher entre o nutrólogo ou nutricionista para emagrecer, a maior parte dos pacientes vai se beneficiar de uma estratégia conjunta elaborada por esses profissionais.

O nutrólogo será importante para avaliações clínico-metabólicas para identificar a causa do ganho de peso, tratando-a inclusive com o uso de medicações, e também auxiliar no tratamento quando há uma relação disfuncional com o alimento.

Apesar de o nutricionista ser mais apto a definição de um plano alimentar personalizado, ele dificilmente será colocado em prática no longo prazo pelo paciente com distúrbios alimentares, levando ao sentimento de culpa frequentemente presente no processo de emagrecimento.

Além do nutrólogo e nutricionista para emagrecer pode ser necessário o suporte de outros profissionais, como o endocrinologista e educador físico. 

Apesar disso, a consulta com o nutrólogo é um bom local para começar se o objetivo é emagrecer de forma saudável e consistente.

Agende sua consulta agora mesmo e tire suas dúvidas!

Deixe uma Resposta